“Não posso te ver,mas sei quem Tu és…muda minha vida,meus dias são Teus…”

(Medo X Chamado):

Uma passagem da bíblia que sempre mexe comigo é Jeremias 1:5-7:

 “Antes de formá-lo no ventre eu o escolhi;antes de você nascer, eu o separei e o designei profeta às nações”. Mas eu disse: Ah, Soberano Senhor! Eu não sei falar, pois ainda sou muito jovem.O Senhor, porém, me disse: “Não diga que é muito jovem. A todos a quem eu o enviar, você irá e dirá tudo o que eu ordenar a você.”

Acho que assim como Jeremias, que estava claramente amedrontado e em dúvida quanto a sua capacidade de exercer algum trabalho em nome do Senhor, nós nos sentimos intimidados pelos desafios, quando o Senhor nos chama pra Sua obra.

Eu ,particularmente, sempre penso “Eu, Jesus?! Tem certeza? Eu não sei falar em público, não tenho muitas habilidades sociais ou conhecimentos teológicos. Eu não sou ninguém”.

É muito difícil pararmos de olhar para nossas limitações e olhar só para o poder de Jesus! Parece loucura ignorar todas as nossas dificuldades e a voz que continua a falar na nossa cabeça “ você nunca vai conseguir!”, e nós sabemos bem de quem é essa voz.

Por que é tão difícil dar passos de fé e simplesmente confiar?

Esquecemos que Deus não faz nada sem propósito e que Ele já tem tudo planejado, nós só devemos confiar e seguir o plano. Estamos do lado Daquele que não pode falhar.

Quando eu olho pros grandes “heróis da bíblia”, eu claramente vejo homens e mulheres comuns, limitados e sem nada de muito especial. Vamos explorar alguns exemplos além de Jeremias (conhecido,entre as más línguas,como o profeta chorão rs):

Moisés, fugitivo e assassino, já estava com 80 anos quando o Senhor o chamou para libertar Israel, e sua resposta imediata foi: “Senhor, nunca tive facilidade de falar,nem no passado nem agora, que falaste ao teu servo.Não consigo falar bem” e logo em seguida “Ah Senhor, peço que envie outra pessoa” (êxodo 4:10-13). Isso foi logo depois que Deus mostrou as maravilhas que ele realizaria na frente do faraó com seu cajado, Moisés VIU o poder de Deus antes de ser enviado e mesmo assim temeu, não porque não acreditava no que Deus era capaz de fazer, mas porque não confiava em si mesmo e em suas habilidades. Alguém mais, se identifica?!

Ester, uma judia pobre e supostamente sem nenhum talento especial, foi coroada rainha e se tornou a preferida do rei. Mesmo assim, temeu quando Mardoqueu contou a ela sobre o plano de Hamã de exterminar todos os judeus, e pediu que ela intercedesse junto ao rei Xerxes. Embora tenha aceitado a missão, ela jejuou e orou por 3 dias antes de entrar na presença do rei, e ainda ofereceu dois banquetes antes de fazer o seu pedido de misericórdia, com medo de ser morta (Ester 4:10-16). Acredito que, esse medo se devia ao fato de Ester não se enxergar digna ou especial para merecer um favor mas, o rei a amava e foi bondoso com ela e seu povo.Mesmo que esse livro não cite uma única vez o nome de Deus, sabemos ao ler a história que, Ester não se tornou rainha por acaso, mas que ela ganhou o coração do rei através de um favor de DEUS, que queria libertar os judeus através da vida dela. Isso exigiu coragem e um passo de fé, ela teve que confiar Nele.

Gideão, considerado(por si mesmo) como: o menor de sua família e pertencente ao clã menos importante de Manassés. Foi chamado por Deus para libertar Israel das mãos de Midiã. Ele teve uma longa conversa com Deus, recebeu a visita de um anjo e pediu várias confirmações antes de sair para a batalha.(lã molhada, chão seco. Chão molhado, lã seca) E mesmo assim, temeu, principalmente quando o Senhor disse que ele tinha homens demais para guerrear e deveria ir apenas com os homens que bebessem da fonte levando a água com as mãos até a boca, ou seja, somente 300 homens, de acordo com Juízes 7:5-7. E após seguir todas as ordens de Deus, Gideão ainda teve que receber mais uma confirmação,para se sentir confiante. Desceu até o acampamento do exército inimigo e ouviu o sonho de um dos homens, que dizia que Deus já tinha entregado o exército de Midiã nas suas mãos. Só então, ele se sentiu confiante o suficiente para descer com o exército e atacar, saindo vitorioso.

Daria para continuar com uma lista infinita aqui, dos heróis inseguros(e completamente falhos): Pedro, que negou Jesus 3 vezes, por medo de ser morto e depois se arrependeu, ajudando a firmar a igreja em Atos. Paulo, que era um perseguidor e assassino de cristãos e tinha o tal “espinho na carne”, mas que seguiu edificando as igrejas e pregando o evangelho, conforme Deus o ordenava. E, sem falar das mulheres que andavam com Jesus e sustentavam seu ministério (entre elas: ex-endemoniada(Maria Madalena), mulher de um oficial de Herodes(Joana),dentre outras. Lucas 8:2-3). Elas eram apenas pessoas comuns, que acreditaram no poder de Deus e decidiram dar um passo de fé, ignorando a opinião alheia e seus temores.

Resumindo(texto grande, eu sei…), todos os que foram chamados por Deus e depois, por Jesus,a partir do novo testamento, eram pessoas comuns, falhas e pecadoras, muitas vezes rejeitadas aos olhos dos que as cercavam e sem qualquer privilégio (com algumas exceções). Elas só se tornaram “grandes” diante de Deus porque confiaram e venceram o medo! Elas acreditaram na força e soberania Daquele que as chamou para trilhar uma difícil e louca aventura. E escreveram história.

Eu oro todos os dias para que Deus permita que eu seja uma delas(e me tire da minha zona de conforto). E quanto a você?vai continuar sendo figurante, ou vai se candidatar a protagonista da história de amor mais incrível de todas?!