It is done!

Hey, my dear reader! How are you doing today? I hope you all are doing very well!

Today I want to share a basic and yet, very deep truth, that blessed me today, during my devotional time, reading Hebrews 6:

As a priest, Christ made a single sacrifice for sins, and that was it! Then he sat down right beside God and waited for his enemies to cave in. It was a perfect sacrifice by a perfect person to perfect some very imperfect people. By that single offering, he did everything that needed to be done for everyone who takes part in the purifying process. Hebrews 10:11-18

Sometimes, as Christians, even knowing that powerful truth, we forget that Jesus already paid the ultimate price for us! His blood covered all our sins, all our past, present and future mistakes. We have free access to His forgiven Love. We have free acces to the Presence of the Father.

Yet, there are some days when we feel crushed by our failures. We feel guilty and unworthy of God’s love and forgiveness. I know I have days like this and, for a moment, I forget that I am a redeemed daughter!

So today, I just want to remind you that, no matter what you’ve done or what you are going through, if you have faith in Jesus, if you acepted His amazing gift of redemption, you have His love and forgiveness! Always and forever!

We don1t have to bown with the heaviness of our mistakes and sins, we are covered by the blood of Jesus! We can choose to open our hearts to Him and be forgiven! That’s good news, friends!

Every time you feel like a complete failure, like you did not reach the target, just surrender all your heart, thoughts and plans to Him! He does not punish us like our sins’d deserve. His love covers a mutitude of sins and cast all the fear!

Like I received, I want to share this amazing thuth with you, from “Ever Present Love” :

Jesus doesn’t threaten us with punishment. He doesn’t require obedience without the empowering of his love to fuel it. Following his commandments happens when we know the tenderness of the One who has given them to us. His love is the power and source of all we do—even in obedience.”

 “The Holy Spirit also testifies to us about this. First he says:

 “This is the covenant I will make with them
    after that time, says the Lord.
I will put my laws in their hearts,
    and I will write them on their minds.”

17 Then he adds:

Their sins and lawless acts
    I will remember no more.”
Hebrews 10:15-17

Prayer:

Jesus, give me grace to remain mindful of your love for me so I’ll never become indifferent. Keep my heart pliable in your hands. Thank you for showing me what perfect love looks like. I want to live my life honoring you in everything I do and say, simply because I love you.” (From “Ever Present Love” written by Brian Simmons and Gretchen Rodriguez)

Foto por Luis Quintero em Pexels.com

Está consumado!

Ei, caro leitor! Como você está hoje? Espero que todos estejam bem!

Hoje quero compartilhar uma verdade básica e ainda assim muito verdadeira e poderosa, pela qual eu fui abençoada hoje, no meu tempo devocional, lendo Hebreus 6:

Como sacerdote, Cristo fez um único sacrifício pelos pecados, e estava feito! Em seguida, sentou-se ao lado de Deus e esperou que seus inimigos cedessem. Foi um sacrifício perfeito de uma pessoa perfeita para aperfeiçoar algumas pessoas muito imperfeitas . Com aquela única oferta, ele fez tudo o que precisava ser feito por todos que participam do processo de purificação. “ Hebreus 10: 11-18– A Mensagem

Às vezes, como cristãos, mesmo sabendo dessa verdade libertadora, nós nos esquecemos que Jesus já pagou o preço final por nós! Seu sangue cobriu todos os nossos pecados, todos os nossos erros passados, presentes e futuros. Temos livre acesso ao Seu Amor perdoador. Temos livre acesso à Presença do Pai.

Mesmo assim, há dias em que nos sentimos esmagados pelos nossos fracassos. Sentimo-nos culpados e indignos do amor e do perdão de Deus. Eu sei que tenho dias assim e, por um momento, eu me esqueço de que sou uma filha redimida!

Então hoje, eu só quero lembrá-lo que, não importa o que você fez ou o que você está passando, se você tem fé em Jesus, se você aceitou esse incrível presente da redenção, você tem o Seu amor e Seu perdão! Hoje e sempre!

Não precisamos nos curvar com todo o peso de nossos erros e pecados, estamos cobertos pelo sangue de Jesus! Podemos escolher abrir nossos corações para Ele, nos arrepender e sermos perdoados! Boas notícias, amigos!

Cada vez que você se sentir um fracasso total, como se não tivesse atingido o alvo, apenas entregue todo o seu coração, pensamentos e planos pra Ele! Ele não nos pune como nossos pecados merecem. Seu amor cobre uma multidão de pecados e lança fora todo o medo! O arrependimento nos transforma.

Como eu recebi, quero compartilhar esta incrível verdade com você, de “Ever Present Love” :

Jesus não nos ameaça com punição. Ele não exige obediência sem a capacitação de seu amor para alimentá-la. Seguir seus mandamentos acontece quando sabemos a ternura dAquele que os deu a nós. Seu amor é o poder e a fonte de tudo o que fazemos, mesmo em obediência. “

“O Espírito Santo também testifica para nós sobre isso. Primeiro, ele diz:

Esta é a aliança que farei com eles,
depois daqueles dias,
    diz o Senhor.
Porei as minhas leis
    em seu coração
e as escreverei
    em sua mente”;

17 e acrescenta:

“Dos seus pecados
    e iniquidades
não me lembrarei mais” Hebreus 10:15-17

Oração:

Jesus, dê-me a graça de permanecer atento ao seu amor por mim para que eu nunca me torne indiferente. Mantenha meu coração flexível em suas mãos. Obrigado por me mostrar como é o amor perfeito. Quero viver minha vida honrando você em tudo que faço e digo, simplesmente porque te amo. (De” Ever Present Love “escrito por Brian Simmons e Gretchen Rodriguez)

A loving father corrects his children!

Hey you!

This week, reading through the Scriptures in I Samuel, I learned a great lesson, in the chapters 4-6:

Israel was sinning again. The Eli’s family had no respect with God’s temple and laws, so the Ark was stolen by the Philistines. At the same time, Eli and his sons died, all in the same day.

The Ark went to Ashdod, causing a massive death between the Philistines with a plague of tumors and rats! Two cities was devastaded by the Presence of God. When they was moving the Ark to the third city, Ekron, they finally understood what was happening:

So they sent the Chest of God on to Ekron, but as the Chest was being brought into town, the people shouted in protest, “You’ll kill us all by bringing in this Chest of the God of Israel!” They called the Philistine leaders together and demanded, “Get it out of here, this Chest of the God of Israel. Send it back where it came from. We’re threatened with mass death!” For everyone was scared to death when the Chest of God showed up. God was already coming down very hard on the place. Those who didn’t die were hit with tumors. All over the city cries of pain and lament filled the air.

They decided to take the Ark back to the israelites,. However, not only they sent it back but they also decided to sent a guilt offering to them! So God could leave them in peace.

They said, “If you’re going to send the Chest of the God of Israel back, don’t just dump it on them. Pay compensation. Then you will be healed. After you’re in the clear again, God will let up on you. Why wouldn’t he?” And what exactly would make for adequate compensation?”

Five gold tumors and five gold rats,” they said, “to match the number of Philistine leaders. Since all of you—leaders and people—suffered the same plague, make replicas of the tumors and rats that are devastating the country and present them as an offering to the glory of the God of Israel.”

There are some lessons we can take out of this passages:

1. Sometimes the Presence of God feels distant. However, even in those moments, He is working on our behalf, bringing good things into our lives.

2. God can always teach us a lesson through our mistakes. Everything we do has consequences, and God let us deal with it.

3. Even when we do something wrong and have to deal with it, God is merciful, his forgiveness is always available!

4. After a tough season, where we have a lesson to learn, God restores us and gives us more than we were expecting! Even when it seems that the situation is lost, He is working in our favor!

5. God will fight against our enemies for us and teach us a lesson at the same time! Because a loving father always corrects his children!

Don’t be discouraged if you are facing a difficult season! God is training you or maybe correcting you, so you can be ready to receive all his promises!

Even when His Presence seems distant, he is there, with you! He can hear you, so keep praying and trusting that He is faithful and will change your situation, taking something good from all the harm you may be facing right now!

Nothing is impossible with Him. He is the God of hope and restoration!

 I love you, God—
    you make me strong.
God is bedrock under my feet,
    the castle in which I live,
    my rescuing knight.
My God—the high crag
    where I run for dear life,
    hiding behind the boulders,
    safe in the granite hideout.

 I sing to God, the Praise-Lofty,
    and find myself safe and saved.

(…)

A hostile world! I call to God,
    I cry to God to help me.
From his palace he hears my call;
    my cry brings me right into his presence—
    a private audience!

But me he caught—reached all the way
    from sky to sea; he pulled me out
Of that ocean of hate, that enemy chaos,
    the void in which I was drowning.
They hit me when I was down,
    but God stuck by me.
He stood me up on a wide-open field;
    I stood there saved—surprised to be loved!

 God made my life complete
    when I placed all the pieces before him.
When I got my act together,
    he gave me a fresh start.
Now I’m alert to God’s ways;
    I don’t take God for granted.
Every day I review the ways he works;
    I try not to miss a trick.
I feel put back together,
    and I’m watching my step.
God rewrote the text of my life
    when I opened the book of my heart to his eyes.
“(…)

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

“Um pai amoroso corrige seus filhos!”

Ei você! Como estão as coisas por aí?

Esta semana, passeando pelas Escrituras em I Samuel, eu aprendi uma ótima lição nos capítulos 4-6:

Israel estava pecando novamente. A família de Eli não respeitava o templo e as leis de Deus, então a Arca foi roubada pelos filisteus. Ao mesmo tempo, Eli e seus filhos morreram, todos no mesmo dia.

A Arca foi para Asdode, causando uma morte massiva entre os filisteus com uma praga de tumores e ratos! Duas cidades foram devastadas, e quando eles estavam movendo a Arca para a terceira cidade, Ekron, eles finalmente compreenderam o que estava acontecendo:

Então, eles enviaram a arca de Deus para Ekron, mas quando a arca estava sendo trazida para a cidade, as pessoas gritaram em protesto:” Você vai matar todos nós trazendo esta arca do Deus de Israel! ” Eles reuniram os líderes filisteus e exigiram: “Tire-o daqui, esta arca do Deus de Israel. Mande-o de volta de onde veio. Estamos ameaçados de morte em massa!” Pois todos morreram de medo quando a arca de Deus apareceu. Deus já estava caindo com força no lugar. Aqueles que não morreram foram atingidos por tumores. Por toda a cidade, gritos de dor e lamento encheram o ar. “

Eles decidiram levar a Arca de volta aos israelitas. Porém, eles não apenas a enviaram de volta, mas também enviaram uma oferta pela culpa! E assim, Deus os deixaria em paz.

Eles disseram:“ Se você vai mandar a arca do Deus de Israel de volta, não jogue sobre eles. Pague uma compensação. Então você será curado. Depois que estiver limpo novamente, Deus vai desistir de você. Por que ele não iria? ” E o que exatamente seria uma compensação adequada? ”
“Cinco tumores de ouro e cinco ratos de ouro”, disseram, “para igualar o número de líderes filisteus. Já que todos vocês – líderes e povo – sofreram a mesma praga, faça réplicas dos tumores e ratos que estão devastando o país e apresente-os como uma oferta à glória do Deus de Israel. “

Há lições que podemos aprender com essa passagem:

  1. Às vezes, a Presença de Deus parece distante. Porém, mesmo nesses momentos, Ele está trabalhando em nosso favor, para fazer o melhor em nossas vidas.
  2. Deus sempre pode nos ensinar uma lição por meio de nossos erros. Tudo o que fazemos tem consequências, e Deus permite que lidemos com isso.
  3. Mesmo quando fazemos algo errado e temos que lidar com isso, Deus é misericordioso, seu perdão está sempre disponível!
  4. Depois de um período difícil, em que temos que aprender uma lição, Deus nos restaura e nos dá mais do que esperávamos! Mesmo quando parece que a situação está perdida, Ele está trabalhando a nosso favor!
  5. Deus lutará por nós, contra nossos inimigos, e nos ensinará uma lição ao mesmo tempo. Porque um pai amoroso sempre corrige seus filhos!

Não desanime se você estiver enfrentando uma temporada difícil! Deus está treinando você ou talvez Ele esteja te corrigindo, para que no momento certo, você esteja pronto para receber todas as Suas promessas!

Mesmo quando Sua Presença parece distante, Ele está aí, com você! Ele pode ouvi-lo, então continue orando e confiando que Ele é fiel e mudará sua situação, tirando algo de bom de todo o mal que você pode estar enfrentando agora!

Nada é impossível para Ele. Ele é o Deus da esperança e restauração!

Eu amo a Deus-
Ele me faz forte.
Deus me mantem firme sobre meus pés,
Ele é o castelo em que moro,
meu cavaleiro resgatador.
Meu Deus – o penhasco alto
onde eu corro para salvar minha vida,
escondendo-se atrás das pedras,
seguro no esconderijo de granito.
Eu canto para ti, Ó Deus Todo-Poderoso!
e me encontro seguro e salvo.

(…)

Um mundo hostil! Eu chamo a Deus,
Eu clamo a Deus para me ajudar.
De seu palácio ele ouve meu chamado;
meu grito me traz direto para sua presença –
uma audiência particular!
Ele me pegou – alcançou todo o caminho
do céu ao mar; ele me puxou para fora
Desse oceano de ódio, desse caos inimigo,
o vazio em que estava me afogando.
Eles me bateram quando eu estava no chão,
mas Deus ficou comigo.
Ele me colocou em um campo aberto;
Fiquei ali salvo – surpreso por ser amado!
Deus fez minha vida completa
quando coloquei todas as peças diante dele.
Quando eu comecei a caminhar,
ele me deu um novo começo.
Agora estou alerta para os caminhos de Deus;
Eu não subestimo a Deus.
Todos os dias eu reflito na maneira como ele trabalha;
Tento não perder os sinais. Eu me sinto recomposto,
e estou observando meus passos.
Deus reescreveu o texto da minha vida
quando abri o livro do meu coração aos olhos dele. ”(…)
Salmos 18- A Mensagem

How to deal with REJECTION?! (And why this is a good thing!)

Hey friends! How you doing?

Today I want to talk about my own experiences about this subject, because I realized that it’s a big issue in the “virtual scene” out there: People can’t deal with REJECTION!

So, how can we learn to face it?!!

This is a painful subject but it’s also very commom in our lives, right? Probably, everyone of us had to deal with rejection since high school or even earlier!

Personaly, I had to face a lot of rejection in my life: through family, friends, lovers and professional relationships!! Really, I experienced them all!

People come and go in our lives, they disappointed us along the way. Some of them stay, after we forgive them and some just go away. That’s life.

The good thing about rejection is: We learn how to not put all the confidence we have in people! I am not saying that you should not believe anybody, but we have to be careful in who we believe and the intensity of our expectations, cause people will fail on us and sometimes we do the same with them!

The best way to deal with the wounds of rejection is FORGIVENESS! I know, it’s not easy but it’s the only way! If we don’t let it go with the things tat hurts us, we will never gonna be able to walk in freedom, completely healed. Just release the anger and let it go.

Rejection makes us too cautious, and that is not a good thing. If we want to live great things in our lives, sometimes we have to step in some unknown places and situations and let our “dear friend” caution behind!

I can tell how hard it is! I am the most cautious person ever! I like to plan, to know the “pros and cons” in every situation, I like to be prepared! But I had to learn to give a chance to people and to live the unknown to discover another parts of me. And it’s being amazing!

Life is tough and we gonna have to deal with rejection all the time, this is part of the game! We can’t avoid it completely.

Now I am facing a different side of rejection: In business!

A lot of people out there is struggling with money, struggling to find a job! However, I found out that people can be prejudiced with some kind of opportunities, even though they are with none.

People reject what they don”t know! I am hearing “no” everyday in my business, but that is a good thing! I am learning to deal with people who think different than me, people who don’t know what I have to offer, people I need to hear and understand!

Rejection is teaching me how to be PATIENT and RESILIENT, and if I want to be successful (wich I really want!) I need to deal with this kind of thing, don’t leting those moments put me down!

It’s a good thing learn to hear “NO”. These “noS” will makes me think: What I am doing wrong? What I need to change or improve? How can I improve my connection wtith people? My comunication is clear?

This is a LESSON for life, not only for business! People will SAY NO to you, not only because of you(probably) ,but because they did not understand what you meant or because they are in a bad day, or it is not the right moment! ( bad timing is a real thing!)

My job is to teaching people,be a good comunicator, first of all! Because sometimes people need something and they are not even aware of it, they can’t see something that for me, is obvious!

Instead of being offended or argue with them, I am learning to see through every hard situation. So, I am growing in really hear what people have to say, learning what they need and help them to get it!

Don’t be afraid of REJECTION in your life! Instead, take the best teaching of it and grow stronger! In the future you will see that a lot of “NO” helped you to get where you needed to be and become who you should be!

Embrace your process and don’t carry any offenses in your heart! Build something great out of the opportunities that NO gave to you!

Have a nice day, friends!

**************************************************************************

LIDANDO COM A REJEIÇÃO! (E porque isso é uma coisa boa!)

E aí pessoal! Como vocês estão?

Hoje eu quero falar sobre minhas próprias experiências com essa questão, porque eu percebi que isso é um grande problema na “cena virtual” por aí: As pessoas não conseguem lidar com a REJEIÇÃO. Então, como a gente aprende a lidar com isso?!

Este é um assunto doloroso, mas também é muito comum nas nossas vidas, né? Provavelmente, todos nós já tivemos que lidar com a rejeição desde o colegial ou até mais cedo!

Pessoalmente, tive que enfrentar muita rejeição na minha vida: através da família, amigos, namorados e relacionamentos profissionais!! De verdade, eu experimentei todos os tipos!rs

As pessoas vêm e vão na nossa vida, elas nos decepcionam ao longo do caminho, faz parte. Alguns ficam, a gente se resolve e perdoa e outros simplesmente vão embora. Isso é a vida.

O lado bom da rejeição é: A gente aprende a não depositar toda a nossa confiança nas pessoas! Não estou dizendo que você não deve acreditar em ninguém, mas temos que ter cuidado em quem acreditamos e com a intensidade das nossas expectativas, porque as pessoas vão falhar conosco e, às vezes, fazemos o mesmo com elas!

A melhor maneira de lidar com as feridas da rejeição é o PERDÃO! Eu sei, não é fácil, mas é o único caminho! Se não deixarmos as coisas que nos machucam, nunca seremos capazes de andar em liberdade, completamente curados. Apenas libere a raiva e deixe esse sentimento ir embora.

A rejeição nos torna muito cautelosos, e isso não é uma coisa boa. Se queremos viver coisas incríveis nessa vida, às vezes teremos que encarar lugares e situações desconhecidas e deixar nosso querido amigo “cautela” de lado!


Eu posso dizer o quão difícil isso é! Eu sou a pessoa mais cautelosa de todos os tempos! Eu gosto de planejar, conhecer os “prós e contras” em todas as situações, gosto de estar preparada! Mas tive que aprender a dar uma chance às pessoas e a viver o desconhecido para descobrir outras partes de mim que eu não conhecia. E está sendo incrível!

A vida é dura e teremos que lidar com a rejeição o tempo todo, isso faz parte do jogo! Não podemos evitá-la completamente.

Agora estou enfrentando um lado diferente da rejeição: Nos negócios!

Muitas pessoas por aí estão lutando pra conseguir dinheiro, lutando para encontrar um emprego! No entanto, descobri que as pessoas podem ser bem preconceituosas com certos tipos de oportunidade, mesmo que elas não tenham nenhuma! Rs

As pessoas rejeitam o que não conhecem! Estou ouvindo “não” todos os dias nesse novo negócio, mas isso é uma coisa boa! ​​Estou aprendendo a lidar com pessoas que pensam diferente de mim, pessoas que não sabem o que eu tenho a oferecer, pessoas que eu preciso ouvir e entender!

A rejeição está me ensinando a ser PACIENTE e RESILIENTE, e se eu quiser ter sucesso (o que eu realmente quero!), eu preciso lidar com esse tipo de coisa, não deixando que esses momentos me desanimem!

É uma coisa boa aprender a ouvir “NÃO”. Esses “nãos” me fazem pensar: O que estou fazendo de errado? O que eu preciso mudar ou melhorar? Como posso melhorar minha conexão com as pessoas? Minha comunicação é clara?

Esta é uma lição para a vida, não apenas para os negócios! As pessoas te DIZEM NÃO, não apenas por questões pessoais (provavelmente não rs), mas porque elas não entenderam o que você quis dizer ou porque estão em um dia ruim, ou então não é o momento certo! (Esse negócio de “timing” errado é uma coisa real gente!)

Meu trabalho é ensinar as pessoas, ser um boa comunicadora, antes de tudo! Porque às vezes, as pessoas precisam de algo e nem sabem disso, elas não enxergam algo que é óbvio pra mim!

Em vez de ficar ofendida ou discutir com elas, eu estou aprendendo a enxergar através de todas as situações difíceis. Eu estou realmente ouvindo o que as pessoas têm a dizer, aprendendo o que elas precisam ou querem e ajudando-as a conseguir isso!

Não tenha medo de rejeição na sua vida! Em vez disso, tire o melhor ensinamento de cada situação e fique mais forte! No futuro, você verá que muitos “NÃOs” ajudaram você a chegar onde precisava estar e se tornar quem você deveria ser!

Abrace seu processo e não carregue ofensas no seu coração! Construa algo excelente com as oportunidades que o NÃO deu a você!

É isso amigos, tenham um bom dia!

Why do we seek (so hard) for approval?

(Or why others opinion about us is so important?)

Last week I was challenge by God, to do something I knew I would do in some point of my walk: return to the past to solve some things!

Before I tell you how this experience was, I want to talk about something that goes around the process of coming back to the past for forgiveness: What people will think about us!

I lived most part of my life faking that I did not care about what people think! Actually, I used to fake it even to myself. So, I behaved like a true rebel, someone who did not care about anything. Until I discovered that was just a mask.

I was so hurted and disappointed by people, that I did not want to care about them. So I kept a “save distance” of everyone, so I could not be hurted again. But I have to tell you: Live like this sucks!

It’s a shallow and cold life style, cause you don’t alow yourself to live something deep and real, you are always scared. Besides, this sense of living makes us tired of people too fast, so after a while, I needed to looking for new people to relate.

The truth is, this is just a vicious circle: I hurted people cause I did not want to get hurt by them! So, along those years, I did it a lot with people I cared about: family, ex boyfriend and people I considered friends.

The bad (and the good) news about this is you can’t ignore what happened forever, cause those things will affect you in deep ways that you can’t imagine.

When I realized that I couldn’t just bury all those things , like they never happened, I had to process that inside me, in a “heling forgiveness process”. And I have to tell you: This is not a nice and harmless thing to do!

It’s a long and hard way to get rid of mindsets that hurts you all the time! But you have to go all the way, no matter what.

First, I had to understand that I was living a lie! I was not suposed to be that person, who caused and suffered all that pain.

Second: Some bad things happened to me, I did not have control, was not my fault. But somehow those things affected the way I saw people and situations around me.

I also needed to forgive myself for what I had done with what people done to me. Like I said, it was a vicious circle and, at some point, I just lost control. After I forgave myself, I had to forgive others!

Forgiveness is a decision and a continuing process. It is not a magic word, that will solve everything just by saynig it. You NEED to be patient.

For last, when you finally realized that some things were not your fault, but some of them were, you also have to take your responsibility, so you need to ask for forgiveness!

And that was the challenge I was talking about, that brings us to the question of the beginning: Why do we seek for approval?

So you see, when you are going through all this process of healing, at some point, you will have to assume your own mistakes. Then, you definetely will be haunted by “what people will think “or “will they approve what I´m doing and forgive me”?

Last week I went throguh those questions, when I decided to get in touch with some people and ask for forgiveness. But, after a while, I realize a important thing, that helped me a lot to conclude this task:

It does not matter what they will think or if they wiil truly forgive me, this is MY PROCESS OF HEALING, not theirs.

I don’t want to sound rude here, but I don’t need to care about what they will think. I decided to take off all my burdens of guilt and bitterness, and no one can take this away from me.

However, I need to be honest with you: I did not get to this conclusion by myself! I needed to ask for a deep strenght and self control to God. Without his help I would not be able to do this or think like this to finish my process!

The real good news of all this experience is this: He is always ready to help us! No matter how great is your struggle and pain, He will walk with you in every step of the way, you just need to trust Him!

About the people I asked for forgiveness: some of them answered, glad for me! Some of them didn’t. I don’t know why, but I hope that in their own time, theyreceive the freedom that forgiveness provides!

For last, I just want to say: don’t let others opinion be a barrier in you life! You are made to be a perfect image of God. The only opinion that truly matters about you, is His!

Let Him tells you what He thinks about you! You gonna be surprised( and pleased) with what you gonna hear!

************************************************************************************

Por que procuramos tanto por aprovação?!

(Ou por que a opinião de outros sobre nós é tão importante?)

Na semana passada, eu fui desafiada por Deus a fazer algo que sabia que faria em algum momento da minha caminhada: pedir perdão!

Antes de contar como foi essa experiência, quero falar sobre algo que envolve o processo de perdão: o que as pessoas pensarão sobre nós!

Eu vivi a maior parte da minha vida fingindo que não me importava com o que as pessoas pensavam! Na verdade, eu costumava fingir até para mim mesma, então eu me comportava como um verdadeira rebelde, alguém que não se importava com nada. Até que descobri que esse comportamento era apenas uma máscara.

Eu estava tão magoada e desapontada com as pessoas, que eu não queria me importar com elas, então eu mantinha uma “distância segura” de todos para que não me machucassem novamente. Mas eu tenho que te dizer: viver assim é uma droga!

É um estilo de vida frio e superficial, porque você não se permite viver algo novo e profundo, você está sempre com medo. Além do mais, essa visão da vida nos faz cansar ​​das pessoas rápido demais, então depois de um tempo, eu precisava procurar novas pessoas para me relacionar.

No fim das contas, é mais um círculo vicioso: eu magoei as pessoas porque eu não queria ser machucada por elas! Então, ao longo desses anos, eu magoei muitas pessoas com quem eu me importava: família, ex namorado e pessoas que eu gostaria de chamar de amigos.

A notícia ruim (e boa) sobre isso é: você não pode ignorar o que aconteceu para sempre, porque essas coisas vão afetá-lo de formas profundas que você não pode imaginar.

Quando eu percebi que não podia deixar todas essas coisas enterradas, como se nunca tivessem acontecido, tive que processá-las dentro de mim, em um longa jornada de perdão e auto-conhecimento. E eu posso te dizer, isso não foi uma coisa legal e inofensiva de se fazer!

É uma caminhada longa e difícil,para se livrar de uma mentalidade que te machuca o tempo todo! Mas você tem que ir até o fim, não importa o que aconteça!


Primeiro, eu tive que entender que o que eu estava vivendo era uma mentira! Eu não era pra ser essa pessoa que causou e sofreu toda essa dor.

Segundo: Algumas coisas ruins aconteceram comigo, eu não tive controle, não foi minha culpa. Mas de alguma forma, essas coisas afetaram a maneira como eu via as pessoas e as situações ao meu redor.

Eu também precisava me perdoar pelo que eu fiz com o que as pessoas fizeram comigo. Como eu disse, foi um círculo vicioso, em algum momento eu perdi o controle. E depois que eu me perdoei, tive que perdoar os outros!


O perdão é uma decisão e um processo contínuo. Não é uma palavra mágica, que vai resolver tudo só por dizê-la, você tem que ter paciência.


Por último, quando você já entendeu que algumas coisas não foram sua culpa, mas algumas foram, você também tem que assumir sua responsabilidade, então você precisa pedir perdão!

E esse foi o desafio do qual eu estava falando, o que nos traz a questão do começo: por que buscamos tanto a aprovação dos outros?

Então veja, quando você acaba de passar por todo esse processo de cura, em algum ponto, onde você precisa assumir seus próprios erros, você será assombrado por perguntas como “o que as pessoas vão pensar?” e”será que eles vão me receber bem tudo isso e me perdoar”?

Na semana passada eu fui CONFRONTADA por essas perguntas, quando decidi entrar em contato com algumas pessoas e pedir perdão. Mas, depois de um tempo, eu percebi uma coisa importante, que me ajudou muito a concluir essa tarefa:

Não importa o que eles pensam ou se eles realmente me perdoaram, este é MEU PROCESSO DE CURA, não deles.

Eu não quero soar rude aqui mas, eu não preciso me importar com o que eles vão pensar ( e nem você), eu decidi tirar todos os meus fardos de culpa e amargura, e ninguém pode impedir isso!

No entanto, preciso ser honesta com você: Eu não cheguei a essa conclusão facilmente, e nem sozinha! Eu precisei pedir força e autocontrole para Deus. Sem a ajuda Dele, eu não seria capaz de fazer isso ou pensar assim, para terminar esse processo!

A boa notícia de toda essa experiência é: Ele está sempre disposto a nos ajudar! Não importa quão grande seja a nossa luta e dor, Ele andará conosco em cada passo do caminho, só precisamos confiar nEle!

Sobre as pessoas pra quem eu pedi perdão: algumas delas responderam, felizes por mim! Algumas delas não. Eu não sei porque, mas espero que em seu próprio tempo, elas recebam a liberdade que o perdão proporciona.

Por último, eu só quero dizer: não deixe que a opinião dos outros seja uma barreira na sua vida! Você é feito para ser a imagem perfeita de Deus. A única opinião que realmente importa sobre você, é a Dele!

Deixe que Ele te diga o que Ele pensa sobre você! Você ficará surpreso (e satisfeito) com o que vai ouvir!

Why is so important to forgive?!

Hey you!

Today (and the last few days) God touched my heart about a specific thing, so I wanna share here with you: FORGIVENESS and the healing process!

Why is so hard for us to forgive? And why this is so important to our growth process before God?

I don’t know about you, but for me, forgiveness was always hard! First because I was always a boastful person and second, to add a barrer to this process, I always suffered with rejection! So this “great” combination always make a hard way for me to forgive people.

All my life I thought I should fight alone for whatever I wanted to achieve and this made of me a defensive and bitter person. I did not trust anyone!

However, Jesus, in His infinite patience and love for me, started to heal me inside out, rebuilding everything I was. He turned my world upside down and changed all I thought I knew about me and people around me.

He taught me to see how He sees and, because of that, I started to realize that people who hurted us was already hurted before! They just reproduce what they suffered and that’s why we need to be patient and forgive them! Just like the Father did for us!

When we understand the roots of our pain and bitterness, we can release forgiveness and at the same time, be free of the burdens this feelings brought over us!

So you see, forgiveness is not about being a nice person and just forget what people done, but it is to let go of all burden we carry with no need!

Jesus called us for a light walk with Him, and His yoke is not heave at all!

If you are struggling with anger and grudge, just remenber that: Forgiveness is not a feeling, it is a choice!

When you choose to let go the things inside you, that just poisoned and hurted you, the feelling of forgiveness will come with time!

God wants us to forgive because it heals our heart and set us free for the amazing experiences He has for us in this life! It is not a obligation, it is a gift!

28 Come to me, all you who are weary and burdened, and I will give you rest. 29 Take my yoke upon you and learn from me, for I am gentle and humble in heart, and you will find rest for your souls. 30 For my yoke is easy and my burden is light .” Mathew 11: 28-30

**************************************************************************

Ei você! Tudo bem por aí?

Hoje, e nos últimos dias, Deus tem tocado meu coração sobre uma coisa específica, que eu quero compartilhar aqui com você: PERDÃO e o processo de cura!

Por que é tão difícil para nós perdoar? E por que isso é tão importante para o nosso processo de crescimento diante de Deus?

Eu não sei você, mas para mim o perdão sempre foi difícil! Primeiro porque eu sempre fui uma pessoa orgulhosa e segundo, para adicionar uma barreira a esse processo, eu sempre sofri com rejeição! Então essa combinação “ótima” sempre tornou o caminho para o perdão muito difícil!

Toda a minha vida eu pensei que deveria lutar sozinha por tudo o que eu queria alcançar, e isso fez de mim uma pessoa defensiva e amarga. Eu não confiava em ninguém!

No entanto, Jesus, em sua infinita paciência e amor por mim, começou a me curar por dentro, reconstruindo tudo o que eu era. Ele virou meu mundo de cabeça para baixo, e mudou tudo que eu achava que sabia sobre mim e sobre as pessoas ao meu redor.

Ele me ensinou a ver como Ele vê e por causa disso eu comecei a perceber que as pessoas que nos machucaram já estavam machucadas antes! Elas apenas reproduzem aquilo que sofreram. E é por isso que precisamos ser pacientes e perdoá-las! Assim como o Pai fez por nós!

Quando entendemos as raízes de nossa dor e amargura, podemos liberar o perdão e, ao mesmo tempo, estar livres das cargas que esse sentimento nos trouxe!

Então veja você, o perdão não é sobre ser uma pessoa legal e apenas esquecer o que as pessoas fizeram, mas é deixar de lado todo fardo que carregamos sem necessidade! Jesus nos chamou para uma caminhada leve com Ele. Seu jugo não é pesado!

O que eu quero deixar aqui hoje é: se você tem lutado com raiva e ressentimento, lembre-se: Perdão não é um sentimento, é uma escolha!

Quando você escolhe deixar pra lá as coisas que apenas te envenenaram e te feriram, você é curado! E o sentimento de perdão vem com o tempo!

Deus quer que perdoemos porque o PERDÃO cura nosso coração e nos libera para as incríveis experiências que Ele tem para nós nesta vida! Não é uma obrigação, é um presente!

Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.”
Mateus 11:29,30

Why forgiveness is so important to us and to our relationship with God? How can we achieve this "forgiveness feeling" to really forgive?

Ressentimentos, feridas abertas e o poder do perdão:

Quando comecei minha jornada como cristã eu tinha a ideia de que Jesus resolveria todos os meus problemas “num passe de mágica” (hahaha verdade!).

Eu achava que os cristãos de verdade eram praticamente “super heróis”, que não tinham falhas de caráter, que não cometiam erros grosseiros, que não guardavam ressentimentos.

A bíblia tá cheia de histórias que provam o contrário: Moisés, mesmo depois de andar por anos em contato com Deus, ouvindo sua voz e vendo seu poder de perto, ainda assim deixou que a ira o dominasse e desobedeceu a uma ordem expressa do Senhor, o que lhe custou a entrada na terra prometida.

Pedro, que andou sobre as águas com Jesus, disse que se preciso fosse, morreria por seu mestre mas, quando o cerco apertou e ele se viu tomado pelo medo e a incerteza, negou Jesus para poupar sua vida. Paulo, dizia ser um imitador de Cristo e, apesar disso, não conseguia fazer o bem que desejava, mas o mal que não desejava, esse ele fazia.

Os cristãos são seres humanos e, portanto, são cheio de falhas e fraquezas, sempre foi assim!

O que nos difere dos outros é que a graça do Pai nos foi concedida e nossos olhos foram abertos! Nós recebemos a redenção e salvação de Jesus; nosso espírito foi restaurado!

Isso é maravilhoso demais pra ser totalmente compreendido.

No entanto, além de não termos o entendimento completo dos planos de Deus, ainda tem uma questão a ser encarada, que torna tudo mais difícil: estamos “presos” num corpo de carne que deseja tudo que é contrário ao espírito (como lidar com isso?Jesus responde =).

Finalmente, o ponto em que quero chegar é: qual é a nossa capacidade de perdoar?

Quando me tornei cristã eu achava que meu coração estaria livre de ressentimentos, que Jesus colocaria o SENTIMENTO de perdão no meu coração quando fosse necessário, pelo simples fato de eu ser sua seguidora.

Há! Tenho uma má notícia pra vocês, amiguinhos: isso nunca aconteceu!

Eu aprendi a muito custo que o perdão não é um sentimento, ele é uma ESCOLHA! E na maioria das situações em que precisamos perdoar, essa escolha tem que ser feita de novo, de novo e de novo; mesmo que o sentimento não venha de uma hora para a outra.

Eu explico: quando uma pessoa nos fere ou nos decepciona, nós remoemos por um tempo esse sentimento, até que finalmente resolvemos entregar ele pra Jesus (se você já entrega na primeira oportunidade, parabéns! Eu gosto de acariciar ele um pouco, antes de mandar embora rs).

É aí que começa o processo do perdão: nós entregamos pra Jesus o nosso rancor e nossas feridas uma vez e, toda vez que aquele (res)sentimento vem de novo, entregamos pra Jesus mais uma vez, até que ele não volte mais! (Ou até que paremos de pegar ele de volta).

Uma coisa que me ajuda muito a perdoar as pessoas é: pedir pra Jesus me dar a visão dele sobre elas e, a partir daí, orar por essas pessoas!

Orar mesmo, mas não do meu ponto de vista que seria “Deus, faça com que essa pessoa se toque, por favor, e venha me pedir desculpas” rs. Não!

A oração tem que vir do coração de Deus, ou seja, uma oração que clame pelo crescimento e amadurecimento da vida espiritual dessa pessoa, que os planos do Pai se cumpram na vida dela!

E eu posso dizer por mim, esse processo funciona! Cada vez que a dor e o sentimento de rancor ou mágoa querem voltar, eu tiro um tempo pra orar pela vida da pessoa que me causou essa dor. Eu entrego meu rancor pra Jesus dizendo “eu escolho perdoar Jesus, mais uma vez, eu escolho perdoar.”

Isso não é um mantra, isso é o meu espírito dizendo pra minha carne “quem manda aqui sou eu, é melhor você recuar”!

Ontem, me veio em mente a passagem em que Jesus diz que não devemos perdoar sete vezes, mas setenta vezes sete e isso, com certeza, vale pra mesma pessoa e situação, até que o perdão seja real!

Como alguém disse uma vez( não achei o autor) “guardar ressentimentos é como tomar veneno e esperar que o outro morra.”

Ou seja, você carrega um sentimento, um fardo, que só causa mal a você mesmo, enquanto a pessoa que te feriu, muitas vezes não esta nem ciente do mal que te causou.

Por isso, que a nossa entrega seja total, deixemos nossos fardos e feridas aos pés de Jesus, ele é o único que pode nos libertar, das correntes desse mundo e de nós mesmos.

”E Jesus, respondendo, disse-lhes: Não necessitam de médico os que estão sãos, mas, sim, os que estão enfermos;Eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores, ao arrependimento.” Lucas 5:31,32

Música pra alegrar seu dia =) Show me your Glory (Jesus Culture)

*************************************************************************************

Resentments, open wounds and the power of forgiveness:

When I began my journey as a Christian, I had the idea that Jesus would solve all my problems like in “a magic trick” (hahaha, really!).

I thought that the “real christians” were almost like “super heroes”, people who had no character flaws, who did not make huge mistakes, who held no grudges.

The Bible is full of stories that prove the contrary: Moses, even after years of contact with God, hearing his voice and seeing his power closely, still let anger dominate him and disobeyed an express command of the Lord, which cost him lose the entrance into the promised land.

Peter, who walked on the water with Jesus, said that if he had to give away his life, he would die for his master.

However, when the siege squeezed and he was overcome by fear and uncertainty, he denied Jesus, to save his life.

Paul said he was an imitator of Christ, and yet he could not do the good he wanted, but the evil he did not want, he used to do.

Christians are human beings and, therefore, are full of failures and weaknesses, it has always been so!

What make us different from others is that the grace of the Father has been granted to us and our eyes have been opened!

We have received the redemption and salvation of Jesus and our spirit has been restored!

This is too wonderful to be fully understood.

But, besides we not having the full understanding of God’s plans, there is still one question to be faced: we are “trapped” in a body of flesh that desires everything that is contrary to the spirit (how to deal with it? Jesus answers, to our relief =)

The point I want to discuss, after all, is: how deep is our ability to forgive?

When I became a christian, I thought that my heart would be free of resentment, magically. That Jesus would put the FEELING of forgiveness in my heart when it was necessary, for the simple fact that I was his follower!

(and here it´s where I need to laugh haha) I have bad news for you, dear friends: it never happened!

I have learned in a hard way that forgiveness is not a feeling, it is a CHOICE!

And in most of situations where we need to forgive, that choice has to be made over and over again; even if the feeling of forgiveness does not come, cause it take a while to happen.

I explain: when a person hurts us or disappoints us, we stir up that feeling of resentment for a while, until we finally decide to deliver it to Jesus (if you deliver at the first opportunity, congratulations!) I like to caress it a little before I send it away LOL).

And that’s when the process of forgiveness begins:

We give away our grudge and our hurt feeling to Jesus once, and every time that feeling comes again, we give it to Jesus one more time, until it does not come back anymore! (Or until we stop picking it up again).

One thing that help me a lot to forgive people who hurt me, is ask Jesus to give me his sight of them and, from there, I pray for these people.

Pray for real, not from my point of view that would be “God, make this person realize that she made a mistake, please, and convince her to come and ask me for apologize” (lol) No!

This prayer must come from the heart of God, that is, a prayer that calls for the growth and maturation of that person’s spiritual life, asking for the Father’s plans to be fulfilled in her life!

And I can tell by myself, this process works! Every time the pain and the feeling of rancor or heartache want to come back, I take some time to pray for the life of the person who caused me this pain, and I give my grudge to Jesus saying “I choose to forgive, Jesus, once again, I choose to forgive.

That’s not a mantra, that’s my spirit saying to my flesh” I’m the boss here, you’d better go back! “

Another key practice to learn to forgive is: spend time with Jesus!

Seek His face to find out who he really is, day after day. Talk to him unreservedly, knowing that he is your best friend and counselor.

Yesterday came into my mind the passage in which Jesus says that we should not forgive seven times, but seventy times seven (Matew 18:32), and this, sure, is worth to the same person and same situation, until the forgiveness and the feeling become real!

As someone once said (I do not find the author) “holding resentments is like drink a cup of poison and waiting for the other to die”.

That is, you carry a feeling, a burden, that only causes harm to yourself, while the person who harm you, often are not even aware of the evil that has caused to you.

Therefore, may our surrender to Jesus be complete. We must leave our burdens and wounds at His feet!

He alone can set us free, from evil and from ourselves.

Jesus answered them, “It is not the healthy who need a doctor, but the sick. I have not come to call the righteous, but sinners to repentance.” Luke 5:31-32

Song of the day: Show me your glory (Jesus culture)