A long and winding road…

Hey you! How are you doing these days? I hope you are doing well but, in case you are not, I want to encourage to give a deep thought about it: The processes of life that causes us pain!

It could be a variety of situations, including: Loss, loneliness, lack of purpose or an ilness, for example! All of us already face it or will face it, eventually!

However, a wise man, long time ago, wrote that pain and lost can be good to our souls! This kind of experience teachs us to face life from another perspective, more deeply aware of what it valuable and what is not. I hope it encouges you:

A good name is better than fine perfume,
    and the day of death better than the day of birth.
It is better to go to a house of mourning
    than to go to a house of feasting,

for death is the destiny of everyone;
    the living should take this to heart.
Frustration is better than laughter,
    because a sad face is good for the heart.
The heart of the wise is in the house of mourning,
    but the heart of fools is in the house of pleasure.
It is better to heed the rebuke of a wise person
    than to listen to the song of fools.
Like the crackling of thorns under the pot,
    so is the laughter of fools.
    This too is meaningless.

Extortion turns a wise person into a fool,
    and a bribe corrupts the heart.

The end of a matter is better than its beginning,
    and patience is better than pride.
Do not be quickly provoked in your spirit,
    for anger resides in the lap of fools.

10 Do not say, “Why were the old days better than these?”
    For it is not wise to ask such questions.

11 Wisdom, like an inheritance, is a good thing
    and benefits those who see the sun.
12 Wisdom is a shelter
    as money is a shelter,
but the advantage of knowledge is this:
    Wisdom preserves those who have it.

13 Consider what God has done:

Who can straighten
    what he has made crooked?
14 When times are good, be happy;
    but when times are bad, consider this:
God has made the one
    as well as the other.
Therefore, no one can discover
    anything about their future.

15 In this meaningless life of mine I have seen both of these:

the righteous perishing in their righteousness,
    and the wicked living long in their wickedness.
16 Do not be overrighteous,
    neither be overwise—
    why destroy yourself?
17 Do not be overwicked,
    and do not be a fool—
    why die before your time?
18 It is good to grasp the one
    and not let go of the other.
    Whoever fears God will avoid all extremes.

19 Wisdom makes one wise person more powerful
    than ten rulers in a city.

20 Indeed, there is no one on earth who is righteous,
    no one who does what is right and never sins.

21 Do not pay attention to every word people say,
    or you may hear your servant cursing you—
22 for you know in your heart
    that many times you yourself have cursed others.

23 All this I tested by wisdom and I said,

I am determined to be wise”—
    but this was beyond me.
24 Whatever exists is far off and most profound—
    who can discover it?
25 So I turned my mind to understand,
    to investigate and to search out wisdom and the scheme of things
and to understand the stupidity of wickedness
    and the madness of folly.

26 I find more bitter than death
    the woman who is a snare,
whose heart is a trap
    and whose hands are chains.
The man who pleases God will escape her,
    but the sinner she will ensnare.

27 “Look,” says the Teacher, “this is what I have discovered:

Adding one thing to another to discover the scheme of things—
28     while I was still searching
    but not finding—
I found one upright man among a thousand,
    but not one upright woman among them all.
29 This only have I found:
    God created mankind upright,
    but they have gone in search of many schemes.”

In this chapter of Ecclesiates we learn a great and bitter lesson: Pain and suffering are better than an easy life!

Even though no one of us like to experience pain and grief, those kind of seasons in our lives teaches us a lot of good things. For example, the pain of losing someone to death shows us that our time here is limited(and precious!). We need to remember it always, so we can make good long-term decisions and appreciate the people we have in our lives!

Pain in the most different situations, also teaches us to be more aware of what life it’s all about: We are here for limited time but to live with purpose! And in the middle of pain, we can learn from it! Unlike joy, which distracts and anesthetizes us, pain makes us more aware of the reality of life: The difference between good and bad, good and bad, peace and restlessness!

We learn to be more patient, to be more grateful for what we already overcame, we can learn to be less foolish, appreciating what really matters instead of what it is superficial! Essence, and deep roots, instead of appearance,fast satisfaction or social acceptance.

It also shows us that balance is better than extremes: We don’t need to win arguments every time, we don’t need to be sure about everything and we don’t need to pretend that we are fine all the time, that we got everything together. There is power in vulnerability!

When we go through these difficult seasons of pain, we also learn to trust more in God and lean on Him. Because in some scenarios of life, there is no other option anyways. It is Him or nothing! He is the one who will keep us standing after the battles. We learn it usualy in a hard way, but is is good when we look back! His faithfulness remains in the middle of our pain and chaos.

If I can be really honest, I have to say that this year didn’t start very well for me. I was hoping for opened doors, but it shutted into my face.I saw things that I didn’t wanted to see, because that turned my castle of sand down and made me sad.

It is not easy but, in the middle of all this proccess, I have these moments of clarity, where I can think (and really believe in it): “God is making me stronger through all this challenges, He is delivering me from traps of ilusions, not giving me what I wanted.”

He is good after all, and I am going to reap good fruits at the right time, all what I am sowing during these seasons of waiting, through my obedience and surrender! It is true, I know. God will not disappoint me. He never does!

So I hope this chapter of Ecclesiastes really make you think and redirect your perspective: Pain can be a blessing! If we learn from it, instead of just trying to run from suffering!

Embrace your moments of pain and grow from it, don’t let it destroy you. Instead, learn with it, so you can become stronger, with God’s help! Learn to grow deeper roots to mature, while time helps you to overcome these challenging seasons!

Friends, let’s keep walking in God’s strength and in belief, so we can say it at the end “I have fought the good fight, I have finished the race, I have kept the faith.” with tears of joy in our eyes while we look at Jesus!

That’s all folks! Have a good day!

“Do good to your servant
according to your word, Lord.
Teach me knowledge and good judgment,
for I trust your commands.
Before I was afflicted I went astray,
 but now I obey your word.(…)

It was good for me to be afflicted
so that I might learn your decrees.
The law from your mouth is more precious to me
 than thousands of pieces of silver and gold.
(Psalm 119)

Uma longa estrada…

Foto por Lisa Fotios em Pexels.com

Ei, você! Como você tem passado? Espero que você esteja bem, mas, caso não esteja, quero incentivá-lo a refletir!

Todos nós enfrentamos processos de vida que nos causam dor!

Pode ser uma variedade de situações, incluindo: Perda, solidão, falta de propósito ou problemas d saúde, por exemplo! Todos nós já enfrentamos ou enfrentaremos essas situações, eventualmente!

No entanto, um homem sábio, há muito tempo, escreveu que a dor e a perda podem ser boas para nossas almas! Esse tipo de experiência nos ensina a encarar a vida de outra perspectiva, mais profundamente conscientes do que é valioso e do que não é. Espero que essa reflexão te encoraje!

O bom nome é melhor
    do que um perfume finíssimo,
e o dia da morte é melhor
    do que o dia do nascimento.
É melhor ir a uma casa onde há luto
    do que a uma casa em festa,
pois a morte é o destino de todos;
os vivos devem levar isso a sério!
A tristeza é melhor do que o riso,
porque o rosto triste
    melhora o coração.
O coração do sábio
    está na casa onde há luto,
mas o do tolo, na casa da alegria.
É melhor ouvir
    a repreensão de um sábio
do que a canção dos tolos.
Tal como o estalo de espinhos
    debaixo da panela,
assim é o riso dos tolos.
Isso também não faz sentido.

A opressão transforma o sábio em tolo,
e o suborno corrompe o coração.

8 O fim das coisas é melhor que
    o seu início,
e o paciente é melhor que o orgulhoso.
Não permita que a ira domine depressa
    o seu espírito,
pois a ira se aloja no íntimo dos tolos.

10 Não diga: “Por que os dias do passado
    foram melhores que os de hoje?”
Pois não é sábio fazer esse tipo de pergunta.

11 A sabedoria, como uma herança,
é coisa boa, e beneficia aqueles
    que vêem o sol.
12 A sabedoria oferece proteção,
    como o faz o dinheiro,
mas a vantagem do conhecimento é esta:
    a sabedoria preserva a vida
    de quem a possui.

13 Considere o que Deus fez:

Quem pode endireitar
    o que ele fez torto?
14 Quando os dias forem bons,
    aproveite-os bem;
mas, quando forem ruins,
    considere:
Deus fez tanto um quanto o outro,
para evitar que o homem descubra
    alguma coisa sobre o seu futuro.

15 Nesta vida sem sentido
    eu já vi de tudo:

Um justo que morreu
    apesar da sua justiça,
e um ímpio que teve vida longa
    apesar da sua impiedade.
16 Não seja excessivamente justo
    nem demasiadamente sábio;
por que destruir-se a si mesmo?
17 Não seja demasiadamente ímpio
    e não seja tolo;
por que morrer antes do tempo?
18 É bom reter uma coisa
    e não abrir mão da outra,
pois quem teme a Deus
    evitará ambos os extremos
.

19 A sabedoria torna o sábio
    mais poderoso
    que uma cidade guardada
    por dez valentes.
20 Todavia, não há um só justo na terra,
ninguém que pratique o bem e nunca peque.

21 Não dê atenção
    a todas as palavras que o povo diz,
caso contrário, poderá ouvir
    o seu próprio servo falando mal de você;
22 pois em seu coração você sabe
    que muitas vezes você também
    falou mal de outros.

23 Tudo isso eu examinei mediante a sabedoria e disse:

Estou decidido a ser sábio;
mas isso estava fora do meu alcance.
24 A realidade está bem distante
    e é muito profunda;
quem pode descobri-la?
25 Por isso dediquei-me a aprender,
    a investigar, a buscar a sabedoria
    e a razão de ser das coisas,
para compreender
    a insensatez da impiedade
    e a loucura da insensatez.
26 Descobri que
    muito mais amarga que a morte
    é a mulher que serve de laço,
cujo coração é uma armadilha
    e cujas mãos são correntes.
O homem que agrada a Deus
    escapará dela,
mas o pecador ela apanhará.

27 Veja”, diz o Mestre, “foi isto que descobri:

Ao comparar uma coisa com outra
    para descobrir a sua razão de ser,
28 sim, durante essa minha busca
    que ainda não terminou,
entre mil homens
    descobri apenas um que julgo digno,
mas entre as mulheres
    não achei uma sequer.
29 Assim, cheguei a esta conclusão:
    Deus fez os homens justos,
mas eles foram em busca
    de muitas intrigas.”

Neste capítulo de Eclesiastes aprendemos uma boa e amarga lição: A dor e o sofrimento são melhores do que uma vida fácil e sempre feliz!

Mesmo que nenhum de nós goste de sentir dor e tristeza, essas temporadas da nossa vida nos ensina muitas coisas boas. Por exemplo, a dor de perder alguém para a morte nos mostra que nosso tempo aqui é limitado (e precioso!). Precisamos lembrar disso sempre, para que possamos tomar boas decisões a longo prazo e valorizar as pessoas que temos conosco!

A dor, nas mais diversas situações, também nos ensina a ter mais consciência do que é a vida: Estamos aqui por pouco tempo, mas para viver com propósito! E no meio da dor, podemos aprender com cada experiência! Ao contrário da alegria, que nos distrai e nos anestesia, a dor nos torna mais conscientes da realidade da vida: Da diferença entre bom e ruim, bem e mal, paz e inquietação!

Aprendemos a ser mais pacientes, a ser mais gratos pelo que já superamos, podemos aprender a ser menos tolos, valorizando o que realmente importa em vez do que é superficial! Essência e raízes profundas, ao invés de aparência, satisfação rápida ou aceitação social.

Isso também nos mostra que o equilíbrio é melhor do que os extremos: Não precisamos ganhar as discussões todas as vezes, não precisamos ter certeza de tudo e não precisamos fingir que estamos bem o tempo todo, que temos tudo sob controle. Há poder na vulnerabilidade!

Quando passamos por esses períodos difíceis de dor, também aprendemos a confiar mais em Deus e nos apoiar nele. Porque em alguns cenários da vida, não há outra opção, de qualquer forma. É Ele ou nada! Ele é quem nos manterá de pé após as batalhas. Aprendemos isso de uma maneira difícil, mas é bom quando olhamos para trás! Sua fidelidade permanece no meio da nossa dor e caos!

Honestamente, eu devo dizer que este ano não começou muito bem para mim. Eu estava esperando por portas abertas que se fecharam na minha cara. Vi coisas que não queria ver, e isso derrubou meu castelinho de areia e me deixou triste.

Não é fácil mas, no meio de todo esse processo, eu tenho esses momentos de clareza, onde eu consigo pensar (e acreditar de verdade): “Deus está me fortalecendo em meio a todos esses desafios, Ele está me livrando das armadilhas das ilusões, não me dando o que eu quero!”

Ele é bom, afinal, e eu vou colher bons frutos na hora certa, tudo o que estou semeando durante esses períodos de espera. Através da minha obediência e entrega! É verdade, eu sei. Deus não vai me decepcionar. Ele nunca faz isso!

Então, espero que este capítulo de Eclesiastes realmente te faça refletir e redirecionar sua perspectiva: A dor pode ser uma bênção! Se aprendermos com ela, em vez de apenas tentarmos fugir do sofrimento!

Abrace seus momentos de dor e cresça com eles, não deixe que isso te destrua. Em vez disso, aprenda! Para que você possa se tornar mais forte, com a ajuda de Deus! Aprenda a a criar raízes mais profundas para amadurecer, enquanto o tempo te ajuda a superar essas temporadas desafiadoras!

Amigos, vamos continuar andando na força de Deus e com fé, para que possamos dizer no final: “Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé“, com lágrimas de alegria enquanto olhamos para Jesus!

Isso é tudo pessoal! Tenha um bom dia!

Trata com bondade o teu servo, Senhor,
conforme a tua promessa. Ensina-me o bom senso e o conhecimento,
pois confio em teus mandamentos.
Antes de ser castigado, eu andava desviado,(…)

Foi bom para mim ter sido castigado,
para que aprendesse os teus decretos.
 Para mim vale mais a lei que decretaste
 do que milhares de peças de prata e ouro.”
(Salmos 119:65-67/71-72)

Publicado por

The found daughter!

Brazilian woman, crazy about good music,nature and books =) I love to write since I remeber! My passion grows stronger as a walk through this crazy adventure with Jesus, my Lord and savior, redeemer and best friend! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s