Vida caótica. Vida em construção.

Já me odiei
Por tanto “sim” que disse, acreditando em bondade alheia
Eu já me ridicularizei
Por tentar coisas difíceis que só alguns faziam
Eu já me crucifiquei
Por falar besteira e falar demais em hora errada
Eu já quis perfeição doentia
Já fui bizarra por rebeldia e já fugi

Já quis ser você, ela ou ele
Já quis ser tudo, menos eu

Nessa caótica vida, me apeguei Naquele que não muda
Naquele que não tem sombra de dúvida
Que me viu dar uma volta na rua, atrás de casa
Num belo dia de chuva, p’ra ver o céu

Já me odiei
Por tanto “sim” que disse, acreditando em bondade alheia
Eu já me ridicularizei
Por tentar coisas difíceis que só alguns faziam
Eu já me crucifiquei
Por falar besteira e falar demais em hora errada
Eu já quis perfeição doentia
Já fui bizarra por rebeldia e já fugi

Já quis ser você, ela ou ele
Já quis ser tudo, menos eu

Nessa caótica vida, me apeguei Naquele que não muda
Naquele que não tem sombra de dúvida
Que me viu dar uma volta na rua, atrás de casa
Num belo dia de chuva, p’ra ver o céu

Eu me apego em Ti
Naquele que não muda
E na tempestade,
Eu danço na chuvaEu me apego em Ti
Naquele que não muda
E na tempestade
Eu danço na chuva

Imutável, Castelo Forte
Inabalável, és o meu norteImutável, Castelo Forte
Inabalável, és o meu norteImutável, Castelo Forte
Inabalável, és o meu norteImutável, Castelo Forte
Inabalável, és o meu norte.” ( Caótica- Palankin)

Passando só pra te lembrar que, independentemente de quão caótica sua vida ou sua mente possam estar, Deus ainda segura sua vida e seu futuro na palma das mãos!

Essa letra fala muito comigo, e às vezes parece até que foi feita sob medida!

Eu já me odiei muitas vezes, desejando ter nascido outra pessoa, em outro lugar, em outros tempos!

Quantas vezes eu briguei com Deus e com as pessoas ao meu redor, porque a revolta e o medo me consumiam e eu não conseguia aceitar quem eu era e nem o que eu estava vivendo!

Redescobrir nossa identidade em Cristo é um processo lento e doloroso, meu Deus, como é doloroso! Mas quando você olha pra trás e vê que você já não é mais a mesma, também é muito recompensador!( É um alívio!)

Eu me lembro de pensar que eu nunca conseguiria mudar, por mais que eu quisesse ser diferente: Mais leve, mais desencanada, mais amigável.

Eu quis desistir muitas vezes, eu fugi e me escondi por muito tempo, eu estava exausta de tanta decepção! Mas Ele me viu, Ele sempre esteve ali, comigo em meio a dor!

E não importa quanto tempo demore, quantas vezes você vai fugir e pensar em desistir de tudo. Aquele que te criou e te escolheu vai continuar perseguindo seu coração, não importa aonde você se esconda!

Hoje eu me sinto grata! Grata por ter sobrevivido, por ter mudado e amadurecido!

Eu aprendi a confiar, a perder o medo insano de falhar, de decepcionar a Deus.

Ele nunca se surpreendeu com meus erros, Ele sempre soube aonde eu ia cair, aonde eu ia errar! Essa verdade é libertadora.

Eu sei que a caminhada é longa e que o processo ainda não acabou, mas hoje eu só quero trazer à mente o que pode me trazer esperança: Que Ele é fiel e misericordioso e que Ele vai terminar em mim ( e em você) toda boa obra que Ele começou, desde o momento em que nos teceu no ventre da nossa mãe!

Senhor, tu me sondas e me conheces. 
Sabes quando me sento e quando me levanto;
de longe percebes os meus pensamentos.
Sabes muito bem quando trabalho e quando descanso;
todos os meus caminhos são bem conhecidos por ti.
Antes mesmo que a palavra me chegue à língua,
tu já a conheces inteiramente, Senhor.
Tu me cercas, por trás e pela frente, e pões a tua mão sobre mim.
Tal conhecimento é maravilhoso demais e está além do meu alcance; é tão elevado que não o posso atingir.
Para onde poderia eu escapar do teu Espírito?
Para onde poderia fugir da tua presença? Se eu subir aos céus, lá estás;
Se eu fizer a minha cama na sepultura , também lá estás.
Se eu subir com as asas da alvorada e morar na extremidade do mar,
mesmo ali a tua mão direita me guiará e me susterá.
Mesmo que eu diga que as trevas me encobrirão, e que a luz se tornará noite ao meu redor, verei que nem as trevas são escuras para ti.
A noite brilhará como o dia, pois para ti as trevas são luz.
Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe.
Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável .
Tuas obras são maravilhosas! Digo isso com convicção.
Meus ossos não estavam escondidos de ti quando em secreto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra.
Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir.
Como são preciosos para mim os teus pensamentos, ó Deus!
Como é grande a soma deles! Se eu os contasse, seriam mais do que os grãos de areia. Se terminasse de contá-los, eu ainda estaria contigo.
Salmos 139:1‭-‬18 NVI

Publicado por

The found daughter!

Brazilian woman, crazy about good music,nature and books =) I love to write since I remeber! My passion grows stronger as a walk through this crazy adventure with Jesus, my Lord and savior, redeemer and best friend! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s