“Ajuda-me a confiar, mesmo a quando a confiança me faltar. Ajuda-me a enxergar…”

“Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele lhes providenciará um escape, para que o possam suportar”. 1 Coríntios 10:13

Na nossa vida como cristãos, muitas vezes enfrentamos provações que achamos que não iremos suportar até o fim. Mas a palavra de Deus não mente e, como ela mesmo diz, Deus nunca dá um fardo maior do que podemos suportar.

Há alguns meses eu passei por situações que me fizeram pensar assim, que eu não iria suportar até o fim, que era melhor desistir. Eu estava em um país estranho, com pessoas que eu mal conhecia e não confiava, e estava enfrentando muitos problemas relacionados a convivência.

Eu confesso, eu não sou uma pessoa nada fácil de se conviver. Por vezes, eu me fecho no meu mundo e não me interesso pelos outros. Eu não me comunico tão bem quanto gostaria e, ás vezes, para não me machucar, eu acabo afastando as pessoas.

Minha experiência nessa viagem mostrou que eu tenho muitos problemas de confiança e sentimento de rejeição, que provavelmente vem de experiências passadas. Devido a isso, eu decidi, em algum momento, que eu não podia confiar nos meus líderes e que eles, de qualquer forma, não me entendiam e nem se esforçavam pra isso. Me fechei completamente.

Eu até tentava, em alguns momentos, explicar o que eu estava passando, mas, por achar que ninguém estava realmente se esforçando pra me entender, eu tentava cada vez menos ser vulnerável, o que aliás, nunca foi fácil pra mim. Eu não gosto de falar dos meus problemas, eu sempre acho que vão me julgar por isso ou que as pessoas vão entender errado (como eu acho que de fato aconteceu).

A verdade é que, devido a essa dificuldade eu resolvi ficar na minha e isso me fez sentir cada vez mais isolada e solitária. Mas além disso, eu me sentia frustrada; eu achava que, de alguma forma, era obrigação dos meus líderes e das pessoas ao meu redor tentarem me entender sabe? Fazer alguma coisa pra mudar a situação (eu coloquei expectativas aonde não deveria).

Eu mesma não me sentia em condições de mudar aquilo, todo o cenário e a nova dinâmica de interação (conviver 2 meses com as mesmas 10 pessoas) era nova pra mim, e eu simplesmente não consegui. E até hoje, quando penso nisso, me sinto um pouco ferida pelo que aconteceu.

Mas questão é, quando Deus nos chama para uma jornada, seja ela longe ou perto, dentro ou fora do nosso ambiente, Ele sabe que vão existir dificuldades, sabe que muitas vezes vamos nos ferir. Mas eu creio que seu propósito, acima de tudo, é fazer com que cresçamos em confiança no Seu amor por nós, que aprendamos a olhar pra Ele, ao invés de colocar a nossa esperança em pessoas.

Só Deus sabe o quanto eu sangrei nessa viagem, o quanto eu quis desistir. Mas Ele sempre me dizia “ fui Eu quem te trouxe aqui e Eu estou com você…um dia tudo isso vai fazer sentido, só continue caminhando”. E, por vezes, tudo que eu queria era cair dura e acabar com tudo aquilo (meio dramático né? Mas é verdade).

O que eu quero trazer através dessa experiência é: Se Jesus nos chamou pra caminhar com Ele, nós seremos capacitados a cada passo. É o seu amor que nos sustenta, mesmos quando achamos que estamos cansados demais pra continuar. E quando a experiência acaba, a dor aos poucos passa e fica a lição: Deus nos sustentou, nós nunca estivemos sozinhos.

Mantenhamos os olhos fixos em Jesus. Ele é o único que está muito além das nossas expectativas e jamais irá nos decepcionar.

 

*Música do título: Confiança

**********************************************************************************

13 No temptation has overtaken you except what is common to mankind. And God is faithful; he will not let you be tempted beyond what you can bear. But when you are tempted, he will also provide a way out so that you can endure it. 1 Corinthians 10:13

In our lives as Christians, we often face trials that we feel we will not endure to the end. However, the word of God does not lie and, as it says itself, God never gives a greater burden than we can bear.

A few months ago, I went through situations that made me think like that, that I would not endure until the end, that it was better to give up. I was in a strange country with people I barely knew, did not trust, and was facing many problems related to living together.

I confess, I am not an easy person to live with. Sometimes I close myself in my world and I’m not interested in others, I do not communicate as well as I’d like, and sometimes, in order not to hurt myself, I end up pushing people away.

My experience on this trip has shown that I have many problems of trust and rejection, which probably comes from my childhood. Because of this, I felt, at some point, that I did not trust my leaders and, in any way, they did not understand me and did not strive for it. So, I isolated myself completely.

I even tried, sometimes, to explain what was going on, but because I did not think that anyone was really trying to understand me, I tried less and less to be vulnerable, which, by the way, was never easy for me. I do not like to talk about my problems, I always think they will judge me for it or that people will get it wrong (as I think it actually happened).

The truth is that due to this difficulty, I decided to stay close and it made me feel more isolated and solitary. Beyond that, I also felt frustrated; I thought, somehow, it was the duty of my leaders and the people around me to try to understand me, you know? Do something to change the situation (I put my expectations where I should not).

By myself, I did not feel able to change that, the whole scenario and the new dynamics of interaction (living 2 months with the same 10 people) was new to me, and I just could not deal with it. To be honest, even today when I think about it, I feel a little hurt by what happened.

The point is, when God calls us on a journey, whether it is far or near, inside or outside our environment, He knows that there will be difficulties, he knows that we will often hurt ourselves. However, I believe His purpose, above all, is for us to grow in confidence in His love for us, that we learn to look to Him, instead of putting hope in people.

God knows how much I bleed on this trip, how much I wanted to give up. Nevertheless, He always told me, “It was me who brought you here and I am with you … one day it will all make sense, just keep walking.” Despite this, sometimes all I wanted was to drop dead and end it all (its dramatic right? However, it´s true).

What I want to bring through this experience is: If Jesus called us to walk with Him, we will be empowered at every step by him. His love sustains us, even when we think we are too tired to continue. In addition, when the experience is over, the pain gradually passes and the lesson remains: God has sustained us, we have never been alone.

Let us keep our eyes fixed on Jesus. He is the only one who is far beyond our expectations and will never disappoint us.

 

*Song of the title: Confiança (Trust)

Publicado por

The found daughter!

Brazilian woman, crazy about good music,nature and books =) I love to write since I remeber! My passion grows stronger as a walk through this crazy adventure with Jesus, my Lord and savior, redeemer and best friend! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s